Por que monitorar o comportamento dos motoristas nas estradas?

Por Bruna Thayná em 11 de março de 2020

O transporte é imprescindível para a infraestrutura e economia de um determinado local, sendo um dos grandes produtores do PIB do país, se consolida como um setor de fundamental importância. A logística no transporte se desdobra em inúmeros segmentos, buscando sempre eficiência e segurança para todo o setor. Desta forma, o monitoramento do motorista nas estradas se torna um grande aliado para gestores de frotas, pois o comportamento do condutor impacta diretamente a segurança do mesmo, da carga ou dos passageiros. 

Cerca de 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas. O uso do celular, a desatenção, frenagens e aceleradas bruscas e o excesso de velocidade são algumas das principais causas de acidentes tornando os condutores dos veículos vítimas e agentes motivadores. Uma frota monitorada por câmeras te permite saber todos os dados e informações durante o percurso, possibilitando aos gestores verificarem todas as etapas da viagem, o devido cumprimento das escalas e se há algum contratempo ou inconformidade. Muitas das vezes que há inconformidades e a operação é prejudicada, inúmeras resultantes negativas surgem: desvio de rota, gasto excedente em combustível, danificação do veículo ou da carga, roubos/furto de combustível, má conduta do motorista e diversas outras resultantes.

A redução de impactos negativos ocorre quando você pode, com a ajuda da tecnologia, saber o que acontece durante o percurso de fretamento, viagens e entregas. Isso possibilita segurança e maior eficiência na gestão da sua frota e simultaneamente para seus clientes e usuários. Outro fator benéfico é a redução de custos, devido a economia de combustível utilizando o G-Sensor acoplado ao DVR, o cumprimento de leis de trânsito e legislação evitando multas/infrações e a direção moderada preservando peças e o motor, prolongando a vida útil dos veículo além de preservar a vida de quem trafega nas estradas.

A necessidade do monitoramento do comportamento dos motoristas é importante e se consolida também pela lei. Se mostra eficiente e necessário, trazendo consigo inúmeros benefícios para gestores, clientes, usuários e motoristas com mais segurança de forma ágil e prática e evitando assim prejuízos e situações desnecessárias.

Telemetria embarcada, o que é? Quais são os benefícios?

Por Bruna Thayná em 18 de fevereiro de 2020

Telemetria embarcada ou telemetria veicular é um sistema destinado ao controle e gerenciamento logístico do veículo através da medição de dados e a sua transmissão remota para uma central de monitoramento. Os gestores de frotas, necessitam de ferramentas capazes de fornecer informações seguras e precisas para maior controle, eficiência e segurança da frota. Para que o sistema seja efetivado, são instalados dispositivos (aparelhos GPS Auttran) nos veículos. Estes equipamentos permitem o monitoramento e a transmissão de diversas informações sobre determinado veículo em tempo real.

Quais são os benefícios de instalar esse equipamento em minha frota?

Além de propiciar segurança, o sistema de Telemetria permite a coleta de ocorrências durante o trajeto, como a quantidade de frenagens bruscas e acelerações exageradas, possibilitando que os dados coletados sejam armazenados e submetidos a análise, o que concede aos gestores o monitoramento do desempenho dos colaboradores.

O sistema de Telemetria visa acompanhar o trajeto do veículo, a conduta do motorista, rotas desviadas, estado da frota, entre outros, transmitindo assim, os dados coletados para a central de monitoramento. Na central de monitoramento é feito o controle das informações, podendo verificar se há algum problema com a frota. Dessa forma, possíveis problemas
podem ser solucionados com agilidade, tornando assim o fretamento mais preciso e seguro.